Estrutura de Gestão

A estrutura de gestão dos processos e práticas de governança corporativa do GAMP subdivide-se por quatro estruturas alinhadas:

  • Propriedade;
  • Controle;
  • Administração;
  • Auditoria e fiscalização.

A Gerência de Auditoria é estruturada pela Superintêndencia Executiva e supervisionada por quatro órgãos:

  • Assembléia Geral;
  • Conselho Administrativo;
  • Conselho Fiscal;
  • Presidência Executiva.

Os membros da estrutura de governança reúnem-se em Assembléia Geral, órgão soberano para deliberações de alto impacto dos destinos do GAMP sob direção da Presidência Executiva, em poder exercido de tomada de decisões como órgão superior supremo.

O Conselho Administrativo junto com as Superintendências específicas do GAMP atuam como órgãos guardiões dos interesses da Organização Social.

A Superintendência Executiva interage com o Conselho Administrativo no exercício das validações dos projetos de melhorias, novas implantações, avaliações dos resultados e cumprimentos das funções dos cargos atribuídos, abrangendo as áreas funcionais e de negócios padronizados e esperados.

Os princípios e propósitos do GAMP consolidam o modelo predominantemente direcionado na Governança Corporativa expressada por um sistema de relações entre três estruturas:

  • Presidência;
  • Conselho Administrativo;
  • Superintendência Executiva.

O pilar estrutural do GAMP tem como finalidade única garantir a qualidade absoluta do produto ofertado, mantendo as estruturas organizacionais interligadas com sintonia contínua, resultando no alcance da sua missão em promover a constante melhoria dos atendimentos e gestão SUS em todo o território nacional.

Pilar Estrutural do GAMP

O objetivo principal Pilar Estrutural do GAMP é a interação construtiva entre os processos de trabalho e estrutura de governança entre o Presidência Executiva, Conselho Administrativo e Superintendência Executiva, para o alinhamento planejado das ações, avaliação de desempenho das estruturas organizacionais, análise dos resultados esperados e formulação de estratégias com consequente direcionamento das Superintendências, Diretorias, Gerências e cargos necessários para a conciliação das demandas, obtenção e manutenção da extensão dos objetivos da gestão focada em resultados do GAMP.

Estrutura Otimizada de Gestão do GAMP

Do ponto de vista organizacional, a estrutura de governança foi constituída:

  • Pela Assembléia Geral dos acionistas, à qual está vinculado o Conselho Fiscal;
  • Pelo Conselho Administrativo;
  • Pela Superintendência Executiva, à qual se reportam as unidades de negócios e de serviços corporativos compartilhados, entre os quais a Gerência de Auditoria Interna e Externa realiza os diagnóstico para alinhamento e planejamento dos resultados.

Estrutura de Governança do GAMP

Em síntese, a boa governança corporativa do GAMP:

  • Está voltada para a geração de valor;
  • Busca a harmonização da geração dos resultados de interesses internos e externos;
  • É reconhecida como ferramenta para criação de ambiente de negócios saudável e confiável, importante para o desenvolvimento dos Serviços de Saúde.