Ensino e Pesquisa

GAMP - Ensino e Pesquisa

A qualificação das prestações de serviços do GAMP utiliza como estratégia de Gestão, a Capacitação em Processos Educacionais na Saúde, proporcionando efetiva articulação de conhecimentos, habilidades e atitudes, fortalecendo seus valores e padronizando os processos administrativos e assistenciais através de metodologias de ensino, pesquisa e capacitação.

A estratégia busca alterar os processos tradicionais na aquisição de saberes e na conquista de competências imprescindíveis ao exercício profissional.

Adotamos assim, novas formas de ensino-aprendizagem na perspectiva em integrar teoria/prática e ensino/serviço entre as diferentes profissões da área da saúde.

Ensino

Na necessidade de transmissão sistemática de conhecimento e garantia dos resultados esperados em qualidade na saúde, o ensino faz-se necessário.

O GAMP possui ações estratégicas nas seguintes áreas

  • Educação Permanente de Assistência Médica;
  • Educação Permanente de Assistência de Enfermagem;
  • Educação Permanente na Prevenção e Controle de Infecções Relacionadas a Assistência à Saúde;
  • Educação Permanente na Assistência Multidisciplinar;
  • Capacitações em Urgência e Emergência;
  • Boas Práticas em Humanização.

Capacitação dos Processos de Saúde

Multímia

O uso e desenvolvimento dos recursos através de Tecnologias Educacionais auxiliam os profissionais de saúde na capacitação do dia a dia, oferecendo ambientes ricos em direcionamentos das melhores práticas padronizadas, recomendadas e seguidas através de Bundles, Guidelines, recomendações e seguimento de normativas vigentes.

Por meio do uso e manuseio inteligente da informação organizacional, tais recursos irão aproximar o usuário das boas práticas profissionais recomendadas, para que o exercício de raciocínio seja o ponto de partida das atividades de reflexão.

Para tanto, tais recursos serão desenvolvidos de acordo com a necessidade institucional a priori e, consequentes capacitações em massa, das padronizações recomendadas, com flexibilidade e avaliação constante dos resultados para a melhoria contínua.

Objetivos Gerais

  • Capacitar os profissionais de saúde multidisciplinar;
  • Treinar e solidificar o conhecimento técnico científico para tomada de decisões;
  • Possuir os processos de trabalho padronizados, independentemente das pessoas;
  • Assegurar a assistência à saúde.

Objetivos Específicos

  • Criar ambiente educacional padrão para troca de experiências e melhoria dos processos de trabalho;
  • Criar boas práticas a serem seguidas;
  • Adaptar conteúdo em linguagem virtual;
  • Desenvolver tecnologias educacionais para capacitação;
  • Proporcionar forma de registro de avaliação de aprendizagem do conhecimento técnico científico, com vistas a monitorar progresso e garantir a qualificação do corpo de saúde;
  • Favorecer padronização das condutas entre os diversos Serviços de Saúde sob Gestão do GAMP, de forma alinhada aos valores, demandas técnicas do sistema de saúde e parâmetros locais;
  • Promover espaço virtual para capacitação, avaliação e troca de informações profissionais.

Ferramentas

O GAMP possui como ferramenta educacional uma plataforma desenvolvida a ser alimentada de acordo com a necessidade do Serviço de Saúde, com:

  • Conteúdos ricos em imagens e vídeos;
  • Textos animados: Infográficos;
  • Vídeo-aulas;
  • Estudos de casos simulados;
  • Exercícios interativos para reflexão;
  • Ambiente colaborativo de discussão e construção do conhecimento: Fóruns e webconferência em tempo real;
  • Consultas dos Processos de Trabalho em forma de Documentos (Protocolos, Procedimentos Operacionais Padrão, Normas e Rotinas e Políticas Institucionais) a serem implantadas nos Serviços.

Cursos Especializados

  • BLS (Basic Life Support);
  • DEA (Desfibrilador Externo Automático);
  • ACLS (Advanced Cardio Life Support);
  • PALS (Pediatric Advanced Life Support);
  • HEART SAVER Primeiros Socorros RCP (Ressucitação Cardio Pulmonar) e DEA (Desfibrilador Externo Automático).

Pesquisa

O GAMP busca e contribui, através de parcerias reconhecidas e núcleos de pesquisas a resolução dos problemas de saúde da população buscando:

  • Aprimorar a gestão descentralizada e regionalizada com implantação de Redes Regionalizadas de Atenção à Saúde – RRAS;
  • Apoiar técnica e financeiramente a qualificação da atenção primária em saúde;
  • Implementar política estadual de humanização;
  • Aprimorar a saúde bucal;
  • Aprimorar a atenção à saúde da pessoa com deficiência;
  • Implementar a rede temática pré-natal/parto/puerpério – reduzir a mortalidade infantil e materna;
  • Aprimorar a rede de urgência/emergência;
  • Instituir programa de combate ao álcool e outras drogas com ênfase no “crack”;
  • Reorganizar a rede de atenção à saúde mental;
  • Aprimorar a atenção à saúde da pessoa idosa;
  • Aprimorar a atenção à saúde em oncologia;
  • Reduzir riscos e agravos à saúde por meio de ações de promoção e vigilância;
  • Aperfeiçoar a gestão descentralizada e regionalizada da assistência farmacêutica;
  • Apoiar o subsistema de saúde indígena;
  • Aprimorar a gestão da educação e do trabalho;
  • Aperfeiçoar a gestão regional descentralizada.