Tele-Holter

GAMP - Telemedicina - Tele-Holter

É um método não invasivo que permite a realização de um eletrocardiograma de longa duração (durante 24 horas), monitorando a atividade elétrica cardíaca do paciente.

Isto permite estabelecer uma comparação entre os resultados dos eletrocardiogramas e os sintomas informados pelo paciente, possibilitando uma análise da correlação entre estes.

O baixo peso e o reduzido tamanho dos aparelhos permitem aos pacientes maior grau de liberdade e conforto, garantido baixo impacto nas atividades diárias, o que possibilita o monitoramento em diversas situações (viagens, esportes, etc.).

O GAMP possui aparelhos de última geração, com ferramentas tecnológicas como – gravação de voz, na qual o paciente grava os eventos diários – ECG de alta resolução – e acelerômetro, para identificar a posição do paciente e a atividade que ele está realizando durante o exame.

Como Funciona

Este exame é realizado com o paciente monitorado através de cinco eletrodos que são colocados no peito e conectados a um gravado digital. As informações coletadas são armazenadas na memória do dispositivo para serem analisadas posteriormente.

Durante o exame, o paciente realiza suas atividades diárias normalmente e, após o estudo, o dispositivo muda para o modo de espera até que a informação seja descarregada para um computador.

Os dados são enviados para o médico cardiologista no centro de Telemedicina, que faz a análise do exame. Depois de analisar tais informações, o médico solicitante pode acessar o exame na Plataforma Integrada de Telemedicina (PIT) ou ainda receber o exame por e-mail, devidamente laudado e com o correto diagnóstico.

Vantagens do Sistema

Esse serviço é amplamente aceito e utilizado como auxiliar na detecção precoce e no diagnóstico oportuno de patologias cardíacas, permitindo ao médico realizar o acompanhamento do tratamento, oferecendo aos seus pacientes segurança e confiabilidade na conduta adotada.

Inicialmente estas técnicas eram utilizadas apenas no diagnóstico e caracterização das arritmias cardíacas. Os avanços tecnológicos permitem que equipamentos mais avançados sejam utilizados no estudo da isquemia miocárdica e, especialmente, para aqueles sinais ou sintomas que se manifestam de forma clássica (dor no peito, dor epigástrica, entre outros), e estabelecem relações que podem variar desde a ocorrência de arritmias e distúrbios eletrolíticos, acidose, hipóxia, acidente vascular cerebral e efeitos pró-arrítmicos da droga. O exame é utilizado como diagnóstico e também no acompanhamento de pacientes com síndrome de Brugada (morte súbita). Além disso, esta tecnologia permite a análise da variabilidade da frequência cardíaca, intervalo de dispersão do QT e funcionamento dos dispositivos de marca-passo.

Imagem fluxo do Tele-Holter

Fluxo do Tele-Holter